quarta-feira, 20 de abril de 2011

Edição Páscoa Escola das Deusas –Coaching Feminino

No último domingo, 17/04, realizamos mais uma edição da Escola das Deusas no Esppaço Alpha. Iniciamos o evento com nossa saudação exclusiva que interliga o chackra base ao cardíaco que faz a interligação do caminho dos nossos centros energéticos. O destaque da edição foi a Meditação da Lua Cheia de Áries, um momento de comunhão e conexão com a energia cósmica universal nesta primeira Lua Cheia dos Festivais.
















A cada encontro, a Escola das Deusas vai pontuando sua marca diferencial que privilegia a diversidade, estimula o conhecimento e a valorização da essência criativa de cada pessoa e incentiva as participantes a ampliar a consciência da potencialidade que toda pessoa possui para realizar suas metas. Cada edição é um passo da caminhada e mostra o quanto é possível transformar cenários quando nos dispomos a aprender e melhorar.

No diálogo coletivo da edição especial de Páscoa, a abordagem enveredou pelo universo da astrologia. E como é fantástico esse campo astrológico. Falamos sobre a energia da Lua Cheia de Áries que nos convoca a refletir, escolher e impulsionar as ações necessárias dos nossos projetos. Ao identificar os signos das mulheres na roda das deusas, foram surgindo os questionamentos e os rótulos que muitos tomam como “certos” para cada signo. É interessante observar as citações sobre Áries, Escorpião, Aquário e outros signos do zodíaco. São citações que rotulam limitando a amplitude que reside na essência de cada signo solar que tem na sua mandala a presença de todos os demais signos, além de outras configurações relevantes.

Todas foram convidadas a rever essa posição e começar a questionar outras possibilidades ao ver que cada pessoa é única e que o mapa astral contém elementos exclusivos e expansivos para que cada ser humano assuma o compromisso com os desafios e oportunidades, enfrentando as adversidades como possibilidades de evolução. Dialogamos sobre a força dos sentimentos e emoções que são tão importantes na vida das pessoas. O ser humano sente e age e compreender como é este processo nos dá clareza para refletirmos sobre quais emoções estamos refletindo em nossas ações.

O assunto rendeu muitas trocas e como é estimulante partilhar as sensações e experiências. Na roda percebemos a presença dos elementos Ar na sua maioria, em seguida Água, Terra e com menor número o Fogo. A proposta no final desta etapa foi para que cada pessoa buscasse suas respostas onde está faltando o impulso, a ousadia e a força da ação em seu cenário atual. Convidados cada mulher a concentrar a atenção em si. Aqui vale recordar o pressuposto base do projeto Escola das Deusas-Coaching Feminino: Ser Fiel a Ti Mesma. Quando melhoramos nossa conexão interior nos conectamos com a sagrada presença de nossa natureza criativa e melhoramos todos nossos relacionamentos externos.

Temos capacidade de alterar os programas padrões que se tornam crenças limitantes em nossa jornada. Acredite, somos capazes de reprogramar quando mudamos a percepção. A chave está em você. Perceba você e a transformação ganhará uma ação sequencial e positiva. Esse foi o fio condutor para a próxima etapa: a meditação da Lua Cheia de Áries. A meditação é um exercício divino. A quietude iluminada. Sentir a fluidez terna é uma proximidade maravilhosa. Reconhecer o fluxo dos ciclos e mergulhar nas profundezas claras das energias sutis. A meditação é benéfica em muitos sentidos.

Toda mulher é uma deusa na arte dos sentidos e da intuição. Toda mulher é plural e intuitiva. Com a certeza de que temos muito para crescer, concluímos a edição com a bênção da Lua Cheia de Áries entrando em sintonia com as vibrações de luz que emanam da criação. Que todas as participantes do evento sejam agraciadas com muito amor na sua rota de realizações.

















Agradecemos muito a participação de todas as mulheres e desejamos uma feliz Páscoa. Até a próxima edição de mais um encontro especial do projeto Escola das Deusas – Coaching Feminino. Namastê!

Um comentário:

TEIA disse...

Olá.
Este post foi divulgado na Teia.
Até mais.